Diários de viagem

Como organizar uma viagem? Guia prático para organizar ótimas férias

Pin
Send
Share
Send


No início de janeiro de 2018, participei do programa Popap da Catalunha Ràdio falando de como organizar viagens baratas. Durante o programa, que também contou com a participação de Guias de baixo custo, compartilhamos dicas e truques para viajar a um ótimo preço. No entanto, o tempo no rádio é limitado e muitas coisas permaneceram no tinteiro. Então, retirei minha veia prática e decidi compartilhar o Etapas que costumamos seguir para organizar viagens sem nos arruinar neste post, que é o número 550 de Diário de bordo. Se você sempre se perguntou como organizamos as viagens, aqui nós damos a você orientações então você pode organizar ótimas férias.

Planeje datas de férias e possíveis destinos

Quando o ano começa, uma das primeiras coisas que olhamos é a calendário de negócios. Como não nos dedicamos profissionalmente ao blog, revisamos o calendário e os feriados para poder decidir em quais datas queremos viajar durante o ano e solicitar os feriados. Depois de termos datas mais ou menos planejadas, começamos a procurar informações sobre possíveis destinos. É uma maneira de começar a se informar sobre a situação de alguns países, possíveis rotas e vários requisitos burocráticos. Também observamos o clima, no caso de uma estação de monções ou tufões.

Ao documentar, pesquisamos as páginas oficiais de escritórios de turismo, em fóruns de viagens como Os viajantes ou consultoria outros blogs de viagem. Uma fonte de muita informação é Travelblogger, que lista as entradas do blog de viagens em espanhol organizadas por país.

Eu preciso de um visto? Tenha o passaporte e o documento de identificação em ordem

Dependendo do país que você deseja visitar, é possível que é necessário um visto que não pode ser processado na chegada nem telemática. Alguns países têm um consulado em nossa cidade e lá podemos processar vistos. Se não for esse o caso, teremos que fazer a papelada com a embaixada em Madri e isso nos forçará a processá-la com pelo menos dois meses de antecedência.

Para viajar, é necessário que o o passaporte tem validade mínima de seis meses desde o último dia da viagem. Caso contrário, eles podem impedir que você embarque, entre no país ou conceda o visto. Se você precisar renovar seu passaporte ou documento de identidade, recomendo fazê-lo entre Janeiro e abril, desde então, o horário da consulta anterior está esgotado, especialmente nas grandes cidades, e será impossível encontrar uma consulta e, portanto, renovar seu passaporte. Você pode solicitar uma consulta para renovar o DNI e o passaporte espanhol em citapreviadnie.es. Por outro lado, você pode verificar os requisitos de entrada para cada país no site da Ministério de assuntos exteriores no seção "Cartão por país" no link «Recomendações de Viagem».

Carta de condução internacional

Se você for alugar um carro, é recomendável obter o carta de condução internacional. Este cartão é válido por um ano e deve ser apresentado juntamente com a carta de condução espanhola. A carta de condução internacional por si só não é um documento válido. Na Espanha, a carta de condução internacional deve ser processada na DGT. Em Barcelona, ​​por exemplo, é aconselhável marcar uma consulta para processá-lo. Você precisa perguntar no site da DGT.

Vacinas e saúde durante a viagem

Outro aspecto a considerar é a saúde. Para visitar alguns países, é necessário ser vacinado ou pegue o profilaxia da malária, por exemplo. Qualquer dúvida sobre este assunto, o você tem que fazer um médico especializado. Por isso, dois ou três meses antes da viagem, é aconselhável solicitar um tempo em um centro internacional de vacinação, onde eles informarão sobre as precauções que você deve tomar e fornecerão as vacinas necessárias. Costumamos ir ao Centro Internacional de Vacinação de Ministério da Saúde. Em Barcelona, ​​fica na rua Bergara. Se você viaja no verão, precisa marcar uma consulta pelo menos no final de maio, desde então, a consulta está completa e é impossível obter tempo.

Antes de viajar, é necessário ter um seguro médico de viagem. Nós temos o seguro anual RACC que cobre assistência médica e que funcionou muito bem quando quebrei minha perna na Argentina No meio do caminho Também temos o cartão de saúde europeu, que nos oferece cobertura de saúde nos países da união. É válido por 2 anos e pode ser solicitado e renovado no site da Segurança social.

Como encontrar voos baratos

Para buscar voos baratos você sempre tem que ter a mente aberta para vários destinos possíveis. Então você sempre pode encontrar um bom preço viajar como aconteceu conosco com Argentina, China ou Estados Unidos. Para pesquisar voos, usamos dois sites. O primeiro é Voos do Google: Este é o mecanismo de metasearch do Google. Não é uma agência que vende viagens diretamente, mas pesquisa entre muitas agências de viagens on-line e companhias aéreas. Realmente gosto de verificar o Google Flights quando tiver mais ou menos claro o destino, mas sou flexível com as datas. Para pesquisar, você coloca a cidade de partida e a cidade para a qual deseja voar e, ao clicar na caixa de data, o calendário é aberto e informa o preço para voar todos os dias.

Se você tem datas claras, mas o destino é um pouco o mesmo, o site que eu recomendo é Skyscanner. Este site também é um mecanismo de metasearch que pesquisa mais de 1000 empresas, e não apenas voos, mas também hotéis e aluguel de carros. Para fazer a pesquisa, você deve colocar a cidade de partida e, na caixa de destino, clicar e selecionar «Para qualquer destino». Dessa forma, você fará uma lista de países classificados por preço, do menor para o maior. No Skyscanner a tarifa mais barata Quase sempre darei a você agência de viagens online. Antes de comprar, veja o que preço final Você recebe, pois quando chega à tela final, muitas agências adicionam a comissão da agência e cobranças extras de acordo com o método de pagamento.

Pin
Send
Share
Send