Europa

Minha segunda viagem a Roma

Pin
Send
Share
Send


Roma é uma das primeiras cidades que visitei em minhas primeiras viagens. A primeira vez foi em 2002, durante uma semana, e muito dessa viagem, que eu nem tinha uma câmera digital. A segunda ocasião foi dois anos depois e também por uma semana. De fato, Roma só pode se conhecer bem depois de meses de exploração, já que é a cidade com o patrimônio mais artístico e cultural do mundo, mas, embora não haja muito tempo disponível, é uma obrigação para todo ser humano. Por esse motivo, em 2009 decidi voltar pela terceira vez, para levar meus pais a passar um fim de semana intenso em Roma.

O que eu mais gostei na segunda viagem à Cidade Eterna é que fizemos na semana de Ferragosto (15 de agosto), quando todos os romanos deixam a cidade para sair de férias. Naquela época, a maioria das lojas está fechada e as áreas turísticas, como o Coliseu ou a Praça de Espagna, ainda estão lotadas, mas fora desses lugares, você tem a capital da Itália quase exclusivamente para você. É uma verdadeira delícia passear sem rumo pelas ruas do centro da cidade e acabar comendo no pequeno terraço de um restaurante na típica toalha de mesa quadriculada em vermelho e branco sozinha com seu parceiro.


Isso não significa que é preciso perder o luzes altas de Roma Meus favoritos nessa viagem foram a visita guiada ao Coliseu, em Roma, que eu contratei antes de ir, o que me fez salvar as filas sob o sol (ao contrário da primeira vez). Também achei essencial visitar os Museus do Vaticano, cuja entrada também recomendo comprar com antecedência para evitar filas. Além disso, visitamos o Panteão, meu prédio favorito em Roma, e o fórum romano, o castelo de Sant Angelo, o Trastevere, a Piazza Navona, o Campo di Fiore ...


A primeira vez que fui a Roma, aluguei um carro para ir às ruínas de Pompéia em uma viagem de um dia. Na segunda viagem, fiz uma viagem à cidade de Tivoli. Em uma hora de viagem de transporte público, você pode visitar as vilas onde no verão as grandes personalidades romanas escaparam do calor sufocante de Roma e relaxaram em jardins cheios de fontes. De fato, a água fornecida por Roma vem do Tivoli e é tão boa quanto refrescante. Portanto, beber de fontes públicas não é apenas uma necessidade quando o calor aperta, mas um prazer.

Vídeo: O QUE FAZER DENTRO DO AVIÃO? PRIMEIRA VIAGEM DE ALITALIA - Boeing 777 SP à Roma - Estevam Pelo Mundo (Setembro 2020).

Pin
Send
Share
Send